Nossos Links


Carpe Diem!

Então, ontem (dia 24/06) fiz uma prova pra entrar em um curso que muito desejo, e logo de cara, tive que ler o texto "A difícil arte de ser feliz" de Rubem Alves, recomendo que leiam, é interessante as palavras do autor.
Entre diversas palavras que chamaram a minha atenção, no 5° parágrafo, onde ele cita uma passagem do evangelho de Mateus (cap. 6), “Por que andais ansioso pelo dia de amanhã? Olhai os lírios dos campos... Olhai as aves dos céus... Qual de vós, com sua ansiedade, será capaz de alterar o curso da vida?” Tanto as aves, como os lírios, não vivem o hoje pensando em como será o seu amanhã, vivem o momento, o dia a dia, e não perdem seu tempo com o medo do amanhã, diferente de nós que nos prendemos a tantos “será que vai dar certo?”.
O casamento é também um relacionamento com propósitos. Toda pesquisa mostra que um casamento íntimo provê, por exemplo, o ambiente mais seguro e mais eficaz para a educação dos filhos. No entanto, a procriação não é o único objetivo do casamento. A cada pessoa também foram concedidas por Deus certas possibilidades latentes. A parceria no casamento é um ambiente ideal para estimular e desenvolver esses dons e habilidades. Como observa o autor do antigo livro de Eclesiastes: "melhor é serem dois do que um... porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante". Todo casal experimenta a verdade deste princípio: melhor é serem dois do que um.

Infelizmente, tenho me deparado com esposas que oram pela restauração dos seus lares, mas não deixam de olhar para as coisas erradas que os maridos andam fazendo, nem deixam de dar ouvidos as palavras que satanás lança em sua boca para te atingir. Essas mulheres mais choram, mais se desesperam, mais sofrem do que caminham no deserto. Por esse motivo, vivem estacionadas, viraram fantoches no deserto. Satanás ensina ao marido rebelde a ser ingrato, insensível, injusto, proferir palavras duras, de desesperança; satanás também procura mover a mente desses maridos para trás (porque é no passado onde elas encontrarão as coisas ruins e tristes do relacionamento); a não acreditarem que DEUS fará todas as coisas novas; algumas vezes a colocar pessoas novas e “interessantes” em seus caminhos (com qualidades que o cônjuge não teve com o marido ou a esposa), apenas com o propósito de enganá-las, destruí-las e colocá-las mais longe do propósito de restauração familiar.

Videos R8

Loading...

Siga-nos por Email

Mais Lidos da Semana

#BatePapo



Alimente os peixes

Romanos-8. Tecnologia do Blogger.